.

.

.

.
RSS

O que eu também não entendo.

Olha, eu até acredito que o torcedor azulino esteja triste com a eliminação no Campeonato Alagoano, mas tenho a certeza que ele não está decepcionado com o time. Afinal de contas, a campanha do segundo turno foi espetacular e, graças a ela, o time voltou a ser respeitado pelos adversários, pela própria torcida e, o mais importante, se classificou novamente para a Série D. Podíamos até não ver um elenco com estrelas, mas era extremamente visível como o conjunto se sobressaia.

Paulo Chancey Jr.
Tínhamos um Flávio que transmitia uma segurança que há tempos não se via no gol azulino, um Washington que desequilibrava a cada partida, um esforçado Kel que sabia segurar o jogo na meia, um lúcido Jucemar e um iluminado Rony que colocava a bola para dentro. Em cada setor do campo, você tinha uma peça-chave, caracterizando o equilíbrio existente no elenco. O time era muito bom, e me atrevo a dizer que ele só não está na grande final por mero acaso.

Mas aí, termina o campeonato, e a popular "lista de dispensas" começa a ser cogitada. É totalmente compreensível a existência dela, até porque uma folha salaria com mais de 35 atletas realmente pesa nos cofres de qualquer equipe com uma saúde financeira não lá muito boa. O problema é QUEM está na lista. Hoje, a diretoria convoca uma coletiva e anuncia os nomes:  O então terceiro goleiro Santos, os laterais Jackson e Jefferson, o zagueiro Rafael Araújo, os volantes Leís e Douglas Silva, os meias William César e Kel, e os atacantes Reinaldo Gaúcho, Jean Assis e Rony. 


Cara, como assim dispensar o Rony? O cara era artilheiro do time! O Rafael que era bom zagueiro e ainda quebrava um galho na lateral? O Douglas Silva que encaixou legal no time? o Kel, que não era um Deco da vida, mas sabia segurar a bola no meio, dar aquela cadenciada? COMO ASSIM?! Faltando 19 dias para a estréia do time na Série D, a diretoria se desfaz de boas peças, que já estavam entrosadas, que davam cara a equipe, para contratar outros que nem sabemos se vão dar certo. É isso que eu não entendo. Vale lembrar que a Série D é uma competição de TIRO CURTO. Uma má campanha na primeira fase é suficiente para a eliminação, que, caso aconteça amigo, AÍ SIM o torcedor marujo ficará decepcionado.


Ah, temos um novo detalhe: Sabe o Flávio, goleirão experiente e capitão do time? Talvez ele também não fique. 


Sabe aquele planejamento tão comentado no início da temporada? Pois é.



  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

1 Comentários:

Henrique Filho disse...

Vi no Facebook do Paulo Chancey Junior a notícia de que o Flávio renovou hoje. Menos mal.

Postar um comentário

Xingamentos ou qualquer outras coisas do gênero serão excluídos.