.

.

.

.
RSS

Galo forte e líder!





Vencendo o Internacional por 3 a 1, e se isolando na liderança com 25 pontos, 2 pontos a frente do segundo colocado Vasco. O Galo não ganhava do time gaúcho desde 1997, e além de quebrar esse tabu, fez o rival conhecer a primeira derrota fora de casa nesse campeonato brasileiro.

Praticamente um baile! 


O time mineiro pressionado pelos mais de 19mil torcedores presentes no estádio do Horto, foi pra cima de um Internacional acuado, que tentava manter a posse de bola e armar os contra ataques nos pés do ótimo D'alessandro. 
Muito bem marcado por Leandro Donizete e Pierre não obteve sucesso na partida.
Aos 36 do primeiro tempo, Leandro Donizete resguardava uma bola recuada ainda no setor defensivo atleticano, quando D'alessandro deu uma entrada forte no volante, consequentemente cartão amarelo mostrado pelo árbitro. Revoltoso com a marcação o meio campo gaúcho gritou bastante com o juiz, que não gostou e o mandou para o chuveiro mais cedo, cartão vermelho. Sem um jogador diferenciado no setor de armação, o Internacional recuou mais ainda e só assistia o Atlético tocando bola.

Aos 47 da primeira etapa em uma das investidas de Ronaldinho, o meia achou Guilherme na ponta direta, o camisa 10 trouxe pra dentro da área encaixou para a perna esquerda e acertou um belo chute no canto direito de Muriel, a bola bateu na trave, voltou nas costas do goleiro e foi parar no fundo das redes. 1 a 0 para o Galo.


Embalado! 
No segundo tempo, com um a menos e ainda sem conseguir finalizar uma vez a gol, o técnico Dorival Junior  tirou o meia Lucas lima e o atacante Dagoberto para a entrada de Fred e Jajá. 
Sem resultado, pois o Atlético do técnico Cuca voltou no mesmo ritmo de toque de bola, e aos 16min do segundo tempo, após cobrança de escanteio, a zaga gaúcha tirou a bola que sobrou para Marcos Rocha que entre quatro marcadores e mesmo no chão rolou para Danilinho, o meia se estendeu e achou o Leonardo Silva na área, que dominou brilhantemente de esquerda e com a perna direita marcou um belo gol. 2 a 0!

Apenas 5 minutos foi o bastante para a resposta Colorada. Aos 21 minutos, Fabrício disparou pelo lado esquerdo, cruzou e o baixinho Fred de cabeça diminuiu o placar, 2 a 1.
O Internacional se aprumou na partida, foi para e na melhor chance de empatar a partida o meia Jajá bateu uma falta perigosa que levou grande susto ao goleiro Victor. Pressionado, o técnico Cuca mexeu no time, sacando o meia Danilinho para contar com Escudero, e tirando o volante Pierre, para a entrada do jovem Filipe Souto. 


Pra fechar o caixão.
As alterações funcionaram. Nos acréscimos, Bernard recebeu no contra ataque de velocidade, e em jogada pela ponta direita, deu um ótimo passe para Escudero, que bateu firme no canto esquerdo do goleiro Muriel, 3 a 1 e mais uma para a granja! 

O próximo jogo do Atlético será no sábado às 18h:30 contra o Sport do Recife, na Ilha do Retiro. Já o Inter recebe o Atlético-GO em casa domingo às 16h:00

  • Digg
  • Del.icio.us
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS

1 Comentários:

Arthur h. disse...

Parabéns ao Atlético mineiro, que esse ano tá com um elenco muito bom que com certeza o levará a disputa do titulo do brasileirão, e também parabéns ao futebol universitário pelo novo formato e logotipo, parabéns ficou muito bom! Um abraço!

Postar um comentário

Xingamentos ou qualquer outras coisas do gênero serão excluídos.